É realmente possível (e necessário) convencer alguém que seu projeto é importante?


Cena 1: Gerente de Projeto está sentado em sua mesa, vendo que seu projeto está em risco pois um Recurso Imprescindível não está se dedicando o suficiente ao projeto. Fica nervoso e, é claro, convoca reunião!

Cena 2: Líder Funcional de recursos técnicos acaba de receber convite de reunião do Gerente de Projeto para discutir o andamento do projeto e sabe que o Gerente de Projeto vai reclamar que o tal Recurso Imprescindível não está se dedicando ao projeto. Pensa em duas alternativas: recusar a reunião e nem comparecer ou encaminhar o convite para que o próprio Recurso Imprescindível o represente, mantendo nos dois casos a situação como está.

Cena 3: Recurso Imprescindível começa a entrar em sites de ofertas de emprego pois já não aguenta mais o Gerente de Projeto pegando no seu pé e explicar a ele que o seu Líder Funcional continua a mandar serviços não deixando tempo suficiente para que ele se dedique ao projeto.

Já viu esta cena antes? Se você exerce em sua empresa alguma das funções acima, provavelmente já. Os livros de gerenciamento de projetos colocam a culpa no Gerente de Projetos, ou no Patrocinador do Projeto, ou no Líder Funcional, ou no cachorro da filha do porteiro do prédio! Um recurso que os Gerentes de Projeto usam comumente é tentar garantir os recursos chamando o próprio projeto de Estratégico. Mas será que a culpa é de algum deles mesmo ou o próprio projeto é que foi concebido de forma inoportuna? O projeto é realmente Estratégico?

Projetos realmente Estratégicos são os projetos que permitem a empresa diminuir a lacuna entre o que ela é hoje e o que ela precisa ser para ter um posicionamento estratégico lucrativo e sustentável (daí a figura que ilustra este texto)! Qualquer coisa diferente disso faz um projeto, no máximo, Importante.

Projetos realmente Estratégicos nascem da própria direção da empresa. Eles são aprovados rapidamente, os diretores cobram ser informados sobre o andamento dos mesmos e ninguém na estrutura da empresa recusa convite de reuniões para discutir o projeto ou nega alocação de recursos para as atividades do projeto. É aquele projeto que o Diretor, ao encontrar com você perto da máquina de café, pergunta como está indo, mesmo sem fazer ideia do seu nome ou do setor no qual trabalha, mas lembra de ter visto seu rosto em uma reunião do projeto.

Mas como criar Projetos realmente Estratégicos ou saber se o seu projeto é realmente estratégico para a empresa? Esta é a função da (Re)Estruturação Estratégica, assunto fascinante e que, por ser extenso, merece um post a parte no futuro.

#PlanejamentoEstratégico #Projetos

Posts Em Destaque
Posts Recentes